Rússia derruba grupo de hackers REvil a pedido dos EUA, diz FSB

MOSCOU (Reuters) – A Rússia realizou uma operação especial contra o grupo criminoso especializado em ataques de ransomware REvil a pedido dos Estados Unidos, e prendeu e acusou formalmente os membros do grupo, disse o serviço de inteligência doméstica russo FSB nesta sexta-feira.

As prisões foram uma rara demonstração aparente de colaboração entre a Rússia e os Estados Unidos, em um momento de altas tensões entre os dois países sobre a Ucrânia. O anúncio veio justamente quando a Ucrânia estava respondendo a um grande ataque cibernético que desativou sites do governo, embora não haja indicação de que os incidentes estejam relacionados.

Uma operação conjunta da polícia e do FSB vasculhou 25 endereços, detendo 14 pessoas, disse o serviço de segurança, listando ativos que apreendeu, incluindo 426 milhões de rublos, 600 mil dólares, 500 mil euros, equipamentos de informática e 20 carros de luxo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.